Notícias da CCR AutoBAn

Notícias

11/09/2014 | Releases

CCR AutoBAn contrata profissionais com deficiência

A CCR AutoBAn, concessionária que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, recebe currículos de profissionais com deficiência física. Ao todo, são 31 vagas para a área operacional, com postos de trabalho distribuídos pelo Sistema Anhanguera-Bandeirantes, nas regiões de Jundiaí, Campinas e Limeira.  A partir desta semana, a concessionária realiza campanha especial de divulgação das vagas, com distribuição de folhetos nas praças de pedágio e veiculação de mensagens nos Painéis de Mensagem Variável (PMV) instalados ao longo das rodovias do Sistema Anhanguera-Bandeirantes.

 

Profissionais com deficiência física, como auditiva ou de mobilidade, podem participar do processo seletivo.  O candidato deve ser maior de 18 anos e morar em cidades lindeiras ao Sistema Anhanguera-Bandeirantes. Os interessados devem enviar e-mail para inclusao.autoban@grupoccr.com.br .

 

Atualmente, 37 colaboradores com algum grau de deficiência trabalham na CCR AutoBAn. Eles desempenham funções administrativas e operacionais. Segundo a coordenadora de Gestão de Pessoas da concessionária, Gisele Avanço, as atividades realizadas no dia a dia profissional são adequadas às deficiências de cada colaborador e são planejadas de forma a permitir o  pleno desenvolvimento e integração social do profissional. “Queremos garantir o pleno desenvolvimento profissional e promover a interação entre os nossos colaboradores”, explica.

 

Entre os profissionais que desempenham este tipo de atividade está o colaborador José Luiz Aguirre, que trabalha na praça de pedágio de Itupeva, na Rodovia dos Bandeirantes.  Há mais de quatro anos na empresa, Aguirre – que tem deficiência auditiva – atua no atendimento direto aos usuários do Sistema Anhanguera-Bandeirantes, na função de arrecadador. “Aqui na CCR AutoBAn tive uma oportunidade e estou totalmente adaptado à rotina. Sinto-me totalmente acolhido e tenho a sensação de estar na minha segunda família”.

 

Esta também é a sensação do colaborador Igo de Souza da Silva, da praça de Pedágio de Sumaré. Aos 29 anos, sendo 5 deles na CCR AutoBAn, o colaborador, que tem deficiência auditiva, encara o trabalho como uma forma de superar dificuldades e aprender a cada dia. “Estes desafios, não só relacionados à deficiência auditiva, nos fazem crescer e nos tornam vencedores. Tenho muito prazer de trabalhar e compartilhar experiências”, explica. “Procuro oferecer o meu melhor ao usuário e isto pode ser, por exemplo, ao desejar um bom dia ao usuário”, completa.


Voltar